quinta-feira, agosto 05, 2010

Jornalistas da Forbes vão ter blogs

O novo diretor editorial da revista Forbes, Lewis D´Vorkin, anunciou que todos os seus repórteres deverão ter seu próprio blog. A iniciativa, segundo D´Vorkin, visa a integração das informações impressas e online do veículo.

Para ele, os blogs seriam uma estratégia gerencial para que a Forbes consiga administrar o conteúdo disponibilizado na internet e publicado na revista.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, alguns jornalistas da revista estariam começando seus diários virtuais do zero. Atualmente, os blogs contidos no site do veículo passam por melhorias, que deverão ser finalizadas nesta terça-feira (03).

Em junho, D´Vorkin declarou que a área operacional da Forbes sofreria uma reestruturação no seu modelo de publicação com o objetivo de derrubar as barreiras que existem entre os "criadores de conteúdo, o público e os anunciantes", para que haja uma relação de transparência e legitimidade entre esses parceiros. A mudança, segundo o diretor da revista, seria o "futuro da imprensa livre".

A Forbes é uma publicação norte-americana que fala sobre economia, finanças e negócios. A revista é conhecida, também, por divulgar listas das personalidades mais ricas do mundo.


VIA Redação Portal IMPRENSA

2 comentários:

Fernando I. de Figueiredo disse...

6 milhões de dólares em ajuda humanitária retidos ilegalmente no Brasil
Pergunte ao deputado estadual Vicente Candido, Partido dos Trabalhadores de São Paulo (PT), o que ocorreu com 20 contêineres repletos de roupas e brinquedos que estão apodrecendo no porto de Santos e certamente ele os olhara surpreso. Porem, não porque não sabe nada sobre o tema, senão porque é muito provável que ele saiba que grande parte da ajuda humanitária enviada pela organização sem fins lucrativos, Solidary dos Estados Unidos, foi extraviada por gente inescrupulosa e desonesta como ele.
Tudo começou em 2008, durante uma reunião com o Sr. Paul Chehade em Milão, Itália. O Sr. Candido solicitou ao Presidente da Fundação Solidary, que enviasse doações para as pessoas pobres do Brasil, sob a promessa de que ele se encarregaria pessoalmente de que toda essa ajuda chegaria ao destino. O Instituto Adventista de São Paulo, uma organização crista, que se dedica a ajudar a mil famílias de parcos recursos, seria encarregada de distribuir essas doações.
Porem pela atitude do deputado estadual Candido, que não respondeu a nossos pedidos de explicação, deduz-se que este senhor não quer que outras pessoas de apoio portuário ajudem na solução do problema, temendo alguma irregularidade que possam ter sido cometidas por ele ou seus prepostos.
Para mais informações contatar no Brasil com o Sr. Fernando I. de Figueiredo, Diretor da "SOLIDARY" - BRASIL (fifigueiredo@uol.com.br) ao telefone 85258882.

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Melissa.